terça-feira, 30 de dezembro de 2008

As pessoas...

... às vezes são burras…

Um PC hoje em dia é barato e comprado às peças mais barato ainda fica. Já se pode ter um PC fixe por 200€, tirando o monitor, claro!

A minha irmã tem o meu primeiro portátil mas algum dia vai ter de trocar de PC… Ainda não percebi porque é que ela não fica com o meu 1º desktop e altera o seu conteúdo, substituindo por peças novas e ficando com uma bomba em casa, mas não daquelas que explodem!

O monitor desse desktop é de 17” e é daqueles super grandes, mas mais tarde poderia comprar um LCD…

Mas não! Não quer porque não é novo! Não quer restos! Mas que restos? Ficava só com a torre e com o monitor e o monitor era temporariamente!

O resto era tudo novo! Mas não.. Haja dinheiro! Às vezes gostava de estar no lugar dela!

Se eu me chateava se ficasse com um PC antigo, ai ai! Bastava ter alguns trocos para transformar um PC velho num PC High Tech! LOL
E ficava com um PC super barato! Venham eles!!!!

Dá Deus nozes a quem não tem dentes!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Substituam antes por dinheiro!!!

Acabei de receber uma prenda de Natal. A empregada do meu avô veio-me trazer a prenda e disse-me que se não gostasse da prenda para lhe dizer, para depois ir trocar.

A prenda diz puta em tudo quanto é lado, puta entenda-se a filha dela. Sim porque foi escolhida por aquela puta de certeza. É mesmo do estilo dela... Umas luvas horríveis e um cachecol horrível também!

Mas quem é que pensa que aquela merda se usa?!?!

A minha vontade é dizer que aquilo é lindo, maravilhoso e meter aquela merda no lixo ou num canto qualquer em que nunca mais encontre aquilo como faço com todas as prendas delas, mas pelos vistos não posso... Toda a gente acha mal! Porque é que nao me dão antes o dinheiro das prendas?

Era tão mais bem empregue!

Grrrrrr....

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

A Todos....


quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Mais próximo..

Cada vez o Natal se aproxima mais… E cada vez fico mais depressiva… O Natal já não me diz o que dizia. Neste momento acho que o Natal é para as crianças.

Ainda por cima, para mais, tenho de passar o Natal com pessoas que nem pertencem à minha família. Pessoas, ou melhor, uma delas, que me mete um nojo enorme…

Estava para ir passar o Natal a casa do namorado, ao menos não me chateava… Mas a minha mãe nunca irá concordar! Vou ser obrigada a passar o Natal com pessoas com quem não quero porque não tenho poder de voto… Sou um monte de merda que tem de fazer tudo o que os outros querem!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

É quase Natal...

Eu já comecei na correria doida pelas poucas prendas que vou dar este ano. E como sou portuguesa, só comecei agora. LOL

A minha lista de entrega de presentes é muito curta este ano.

Presenteados:
Namorado – Um auricular bluetooth
Pai – Uma garrafa de ginja caseira e um auricular bluetooth
Mãe – Uma camisola (ainda falta escolher e comprar)
Mana – DVD’s de SmallVille e Supernatural (Ainda em falta)
Sobrinho – Desenhos animados e uma Moldura (Ainda em falta)
Sobrinha – Um Cobertor e um quadro pintado por mim (Ainda em falta as duas coisas)
Cunhado – DVD de Bones
Eu – Um auricular bluetooth

E pronto, assim termina a minha lista de presenteados, o resto das pessoas que vão passar o Natal a minha casa……….. Bem….. Temos pena! LOL

Mas só a correria pelas prendas nesta altura é preocupante… Anda toda a gente na rua a atropelarem-se uns aos outros…. Por isso é que não gosto muito desta altura festiva mas pronto… Sobreviveremos!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Até que ponto...

... pode ir o nosso desapontamento para com um membro da família. Já só tenho um avô e uma avó vivos e um de cada lado.

Há cerca de um ano tive uma explosão que já estava a guardar há bastante tempo… Não gosto muito quando me pisam os calos. A concubina mais nova do meu avô andou a espalhar os segredos de família por todo o lado. Claro que a culpa é de quem confia nela. Eu já tinha avisado mas pelos vistos nunca ninguém me ouve.

Quando me veio ter aos ouvidos um segredo em especial, que me envolvia, aí é que o copo entornou. Uma fúria que nunca experimentado tomou conta de mim, e se eu própria não me tivesse parado a tempo, eu dava cabo daquela puta. Deixava-a toda partida a um canto. Mas sem dúvida nenhuma! Nunca me tinha visto assim.

Mas o tempo passou... Ainda hoje não consigo olhar para aquela puta de merda sem ter nojo. Mas infelizmente tenho de a aturar pois já faz mais parte da família do que alguns familiares. O meu querido e adorado avô é mesmo um amor… No fim desta história toda ainda foi capaz de agarrar em mim e querer forçar-me a pedir desculpas àquela puta. Ainda hoje me olha com desprezo e fala para mim com 3 pedras na mão porque a prótégé dele é ela.

Nunca quis saber das netas para nada… Só os netos é que contavam quando éramos todos garotos. Agora depois de grande já só contam as dores de barriga. Vai ter sempre com a mesma pessoa quando lhe dói alguma coisa, ou seja, a minha mãe. Porque quando está tudo bem é com os outros que vai ter. Com os netos é a mesma merda. Eu e a minha irmã só servimos para ele se chorar.

Por isso não me venham com merdas que eu tenho a obrigação de ir ter com o meu avô e conforta-lo porque se eu tenho essa obrigação, essa obrigação é tão minha como dele… Se ele não quer saber de mim porque é que eu hei-de querer saber dele?

Quando ele se comportar como se eu fosse de família, eu comporto-me igual.

Caguei!

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Quando o dia começa mal...

O meu dia hoje foi muito interessante…

Começou com um recado da minha mãe a ser estúpida, seguiu-se uma discussão que acabou comigo a virar-lhe as costas, meter-me no carro e cagar no assunto…

Fui ajudar o outro descendente dos meus pais para não pensar muito no assunto ( o que funcionou porque assim que me meti no carro não pensei mais nisso) e à hora de almoço fui a mais uma sessão para ter o buço feito definitivo.

E ainda consegui uma prenda de Natal da minha mãe à hora de almoço (devia de estar de bom humor, já) e eu agradeci bastante… E a minha cama também! Uns lençóis térmicos! Adoro o raio desses lençóis! LOL

Depois disso… Equipei a loja da minha mãe à moda do Natal! LOL
Já está natalícia!

Começou mal mas ainda acabou bem…

quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Lição do Dia...

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Wish List Ao Pai Natal...

Agora que estou quase no Natal, está na hora dos meus pedidos ao Pai Natal.

Então quero:
- Relógios de pulso para juntar a minha colecção
- Lingerie (MUITA!)
- Calças de ganga (Venham elas, desde que sejam de cintura descida)
- Camisas, camisolas, etc…
- Um carro (Pois claro.. Só se for miniatura.. Mas não custa pedir…)

Bem.. Para agora não me lembro de mais nada…. Se me lembrar depois faço outra wish list… LOL

quinta-feira, 27 de novembro de 2008

Agora que estamos quase no Natal...

É pena não sermos um país de neve.... LOL


quarta-feira, 26 de novembro de 2008

No fim de velha...

...é que me dá para pintar… LOL

Meteu-se-me agora na cabeça que quero pintar uns bonequitos para a pequenada para o Natal. Não sei qual será o resultado, mas aposto que me vou rir quando vir o resultado!

Bem que podia desistir enquanto é tempo mas nem tão pouco essa opção me está a passar pela cabeça.. Vamos ver… Nem que seja pela diversão e distracção…

terça-feira, 25 de novembro de 2008

Self Pity...

Eu acho bué piada à minha mãe… E ao meu pai também…

Um resolve as coisas a ralhar e outro resolve as coisas à porrada… Os meus pais são o melhor marido e mulher que possam existir… Após para aí uns 30 anos de casados o amor ainda os une. Dão-se melhor que ninguém…

Em relação aos filhos não se pode dizer o mesmo. Deram porrada até dizer chega ao filho mais velho que fiquei traumatizada, e eu só não fui pelo mesmo caminho porque até aos 18 ou 19 anos nunca tive vida própria… Fui o pau mandado deles.

Mas mesmo assim por 2 vezes não me escapei. Também apanhei. E por incrível que pareça…… Não tive culpa. É de apetites… Se o meu pai decidir que lhe apetece bater, bate e acabou…

Eu sei que os meus pais gostam dos filhos… Lá no fundo… Mas não o demonstram nem nunca o vão fazer…

Preferem criticar e fazer os filhos sentirem-se uma merda. E eles serem os senhores perfeitos que nunca cometem erros.

Ando uma merda mas eles nunca tiveram colhoes para me perguntar o que é que eu tenho. Sou um monte de merda que aqui ando. Sou só defeitos.. Sem virtudes… Ando revoltada com esta merda, apetece-me fugir de casa mas não tenho para onde… Pareço uma pita… Onde já se viu alguém com a minha idade a passar por estas merdas todas?!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Pedido de ajuda em nome do melhor amigo do Homem...

Hoje vou pedir a quem vir o meu blog para assinarem esta petição com que me deparei no meu passeio pelos sites.

Eu adoro animais, então achei por bem tentar ajudar. Aqui por baixo segue o pedido:

Descrição ou história relacionada com a petição:
Grande parte de nós já nos deparamos com avultadas contas em medicamentos, tratamentos e outras contas para tratar os nossos animais de estimação. Muito se fala em proteger os animais. É obrigatória a sua vacinação e tratamento, trata-se de uma situação de prevenção da saúde publica, mas nenhum dos encargos médicos com os nossos amigos animais podem ser incluídos na declaração do IRS.
Porque acho que deveria ser o contrário, convido-a(o) a assinar esta petição apara posterior envio À Assembleia da República
Petição:
Os abaixo assinado, amigos dos animais, vêm solicitar que seja possível incluir na declaração do IRS as despesas com a saúde dos animais de estimação.

O Link da petição é:
http://www.xn--pnetpeties-v6a2o.pt/deducao_despesas_saude_animal_irs/


Por favor, assinem e ajudem. Os animais sempre foram nossos amigos e há pessoas que se preocupam mas as despesas são imensas. Ajudem a ajudar!

domingo, 23 de novembro de 2008

Quando a tampa salta...

Estava a tardar muito mas sempre conseguiu.

Ando eu descansada da vida a procura de um emprego como deve de ser para ver se daqui a 6 meses não me venho embora, quando a bomba explode. A minha mãe já andava calada há muito tempo sem me chatear a cabeça, quando, de repente, ao avisar que ontem ia sair mais cedo, ela me pergunta se vou a procura de emprego.

Pronto… Estragou tudo! Saiu dali uma discussão, como já é o normal. Para ela e para o meu pai o que lhes interessa é eu arranjar um emprego, seja a fazer o que for… Nem que seja a varrer ruas… Não que isso seja um emprego inferior aos outros, mas a eles não lhes interessa o que eu quero ou o que eu gosto! O que interessa mesmo é eu trabalhar o mais depressa possível...
Se eu, por não gostar de onde estiver, estiver a saltar de emprego em emprego, azar o meu… Eu é que vou ser uma incompetente! Porque tenho de trabalhar JÁ! Não posso procurar um trabalho à minha medida e à minha maneira.

Enfim… Pelos vistos, tenho de ser mais uma tipa qualquer sem futuro nenhum… Porque isso é que agrada à minha mãe…

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Sério-dependente...

Uma pessoa que goste de ver séries como eu, agora tem séries para ver que nunca mais acabam. Claro que também depende do gosto de cada um.

Além das séries que acompanho (quando estou em casa dos outros, claro está, porque a minha TV só tem 3 canais portugueses), agora ando a encher a barriga de SmallVille, numa semana já vi as duas primeiras temporadas completas. Sabendo que são 8 temporadas por enquanto, em quanto tempo vou ver as restantes? LOL

Gosto da série, leva-me ao imaginário… E se existisse mesmo vida além de nós no universo? Será que também eram tão simpáticos e heróicos como Clark Kent? :p

Mas também há outra série que me leva ao imaginário e que ainda não estreou nos canais portugueses (penso eu de que….). Que tal um regresso da famosa série “Knight Rider” ? O tal do:
-“Kit! Kit! Vem me Buscar!”

Pois é… Há agora uma continuação da série… Só que desta o carro é um Mustang, com nanotecnologia. E sem o David Hasselhoff como Michael Knight e sim com o Justin Bruening como Mike Tracer, sucessor de David Hasselhoff. Embora o original apareça no episódio piloto para passar o testemunho ao filho. Fica por saber se terá mais aparições.

Knight Rider é agora uma série toda transformada… E quem procura revisitar o original….. Bem…. Não é por esta nova série… A única coisa em comum acho que é somente o nome! LOL
Embora eu goste da série, diga-se de passagem… Acho que vale a pena ver…

Se for a falar das séries que acompanho, acho que nunca mais saía daqui… LOL

Acho que me estou a tornar numa sério-dependente….. Entenda-se: dependente de séries! :)

quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Ninguém Merece...

Tendo a minha irmã já 2 filhos e tendo também já a loja fechado, agora o centro das atenções na reprodução sou eu. Toda a gente começa agora a perguntar quando é que vai ser a minha vez de me tornar “cadela parideira” para trazer para este mundo cruel vida inocente.

A minha resposta é sempre a mesma. Ainda sou muito nova!

Não sei quando chegará a minha vez, nem se chegará alguma vez. Mas quando penso nisso, lembro-me das crianças que são abandonadas à nascença ou quase. Penso também nas crianças que são mortas assim que nascem e são postas em sacos do lixo. Crianças que são maltratadas e que nunca pediram para nascer! Que culpa têm elas daquilo que os pais lhes fazem?!

Vejo tanta coisa que fico traumatizada! Às vezes chego mesmo a pensar que preferia que trouxessem as crianças e as deixassem à porta de minha casa ou então que as dessem às mulheres deste país que tentam há anos terem filhos e que não conseguem, que se calhar davam tudo para terem uma criança à qual poderiam depois dar o seu amor.

Nenhuma criança deveria ser sujeita às maldades dos pais, pais inconscientes e estúpidos que não pensam 2 vezes antes de terem uma criança e que depois as maltratam ou matam. Gente animal que só pensa no seu bel-prazer. Animais ignorantes, que infelizmente são humanos mas que usam o seu cérebro para a maldade…

Tenho pena desses ignorantes. Nem merecem existir!

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Amor de Pais...

Eu sei que os pais amam incondicionalmente os seus filhos. Não tenho dúvida… Mas também não tenho dúvidas que todos os pais têm preferência mais por um filho do que pelos outros, isto claro, se tiverem mais que um filho.

Todos os pais acabam por fazer mais as vontades a um filho do que aos outros e etc… Há sempre uma preferência. Cada vez reparo mais nisso, o que por vezes é muito injusto.

É altamente ver coisas que não se admitem a ninguém, mas como se é o filho o filho protégé, tudo o que se faz é correcto. É-se criança em mentalidade, fuma-se por influência dos amigos, mas prá mãe diz-se mentiras que ela acredita logo que a criança fuma porque pronto, bebe-se bebidas alcoólicas como se fosse bonito, estraga-se o computador da mãe porque não basta estragar o próprio e como o da mãe é portátil, a mãe que se foda porque o protégé é que merece tudo… Vejo tanta coisa que nem consigo enumerar tudo! Dá-me uma gana tão grande ver depois o outro filho que leva nas orelhas por coisas sem jeito nenhum…

Portanto, não me venham com tretas que os pais não têm preferências porque não passa de uma mentira de merda… Há sempre uma tendência por mais pequena que seja!

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Quero um Husky! =)

Desde que eu conheci o Ice (um Husky Siberiano branco mto simpático) que a minha paixão por huskys voltou a florir.

Sempre adorei cães em geral, qualquer que fosse a sua raça.. Mas tive sempre uma queda maior para cães Serra da Estrela. São cães lindos!
Agora além dos Serras da Estrela, volto a admirar os Huskys. Sim, pk em tempos conheci outro Husky..

Agora conheci o Ice. É um cão mto fixe com seis meses de idade... É um querido!

E o Ice pelos vistos mexeu mesmo comigo! LOL
Não é que esta noite sonhei que tinha um Husky branco pequenino em minha casa?

Mas acordei desanimada! :(

Queria que o sonho fosse realidade! :)

Os Huskys são animais extraordinários e são engraçados pk não ladram...

São fieis aos donos e sem duvida mto brincalhões...


E pronto, como não tenho nenhum Husky, vou conhecendo o Ice. =)

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Naum quero....... :(

Isto é uma tristeza...

Ontem e hoje ainda não fiz mais nada senão meter roupa a lavar, estica-la apanha-la e passa-la.
Como é possível uma casa ter tanta roupa para passar?! Que raios!

E ainda falta tanta coisa! Só no meu quarto demoro uma eternidade... Isto, quando me disponho a limpa-lo como deve de ser... LOL

E depois é uma seca... Estou em casa sozinha... A minha TV só tem 3 canais : RTP2, SIC e TVI... Sim! Pk não tem a RTP1! Tenho uma parabólica mas só tem canais de merda!

As minhas únicas distracções são a Internet e o rádio. Tenho de arranjar um cão também... :)

Também nao entendo para que é que as pessoas querem casas grandes... Qd sair de casa dos meus pais, vou para uma casa mais pequena... Assim tenho menos para limpar!

E Pronto... Vou voltar ao trabalho... Sem vontade nenhuma... :)

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Poder da Música...

Adoro música em geral. Desde música dos anos 60 até agora.

Não consigo ficar sem ouvir música… É uma companhia… Um escape… Um amigo… Através da música podemos transmitir sensações, sentimentos…

Por exemplo, gosto de dance music… Gosto de ir para uma discoteca e dançar… Quase como se não houvesse amanhã!

Liberta-me! Todo o stress que apanhei, chatices, tristezas, etc que apanhei ao longo dos dias até à ida prá disco ficam todos na pista quando volto para casa… Sinto-me uma pena! Leve como tudo…

É um dos melhores sentimentos que eu tenho quando vou para lá libertar toda a pressão.
Os ritmos transmitem emoções maravilhosas.

A maravilha das discos não é as bebedeiras que se apanham, mas sim poder dançar e sentir bem no tempo que se passa lá dentro.

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Johnny Cash - Hurt

Não me canso desta música.

Então decidi partilhá-la.

E aqui está a letra também.



video

Lyric:


I hurt myself today
to see if I still feel
I focus on the pain
the only thing that's real
the needle tears a hole
the old familiar sting
try to kill it all away
but I remember everything
what have I become?
my sweetest friend
everyone I know
goes away in the end
and you could have it all
my empire of dirt

I will let you down
I will make you hurt

I wear this crown of thorns
upon my liar's chair
full of broken thoughts
I cannot repair
beneath the stains of time
the feelings disappear
you are someone else
I am still right here

what have I become?
my sweetest friend
everyone I know
goes away in the end
and you could have it all
my empire of dirt

I will let you down
I will make you hurt

if I could start again
a million miles away
I would keep myself
I would find a way

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Máquina do Tempo...

Cheguei a uma altura em que me pergunto onde estão todas as minhas amizades. O tempo passa e o pessoal começa a organizar a sua própria vida com a sua alma gémea e deixa de ter tanto tempo para os amigos.

Uns porque estão a estudar longe e têm a vida mais organizada lá do que cá. Outros, porque estão com a sua alma gémea e passa então de todos os fins-de-semana com os amigos para uma vez por mês e só quando dá mesmo.

Tenho saudades dos tempos passados, das saídas, das brincadeiras, enfim… Parece que estou mesmo a ficar velha e no entanto só tenho 23 anos. Acho que também já não tenho aquela capacidade que tinha aos 15 anos de fazer novas amizades. Agora, quando conheço pessoas novas, não passam mesmo disso, pessoas conhecidas… Pessoas que passam na rua e é só “Olá”, “Boa noite”, “Temos de ir beber um café um dia”… Mas não passa mesmo disso… Palavras em vão.

Ou então também se arranja aquelas amizades em que sou a sua melhor amiga, mas isso só serve quando se precisa de algum favor. Porque depois de favor feito é só mais umas “Boas Tardes” e “Tudo bem?” até necessidade de um novo favor.

Gostava de ter uma máquina do tempo para poder voltar ao passado e estar num tempo em que não tinha preocupações nenhumas e só queria estar com os meus amigos.
Bem… Até que tinha preocupações:
- A que horas é para ir ter com eles?
- Onde ficou combinado o ponto de encontro?
- …

Enfim… Bons velhos tempos!

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Que dia...

É engraçado quando uma pessoa começa a querer um rumo para a sua vida.

Eu queria um rumo para a minha vida, já o andava a desejar há algum tempo. Neste momento, desisti, não sei, acho eu.

Andava a ver se conseguia um rumo numa nova cidade, para começar quase tudo de novo. Como o desejei… Mas o destino pelos vistos não o assim quis.

Estou presa numa vida sem rumo, sem vida… Limito-me a respirar. Não tenho obrigações, não tenho nada que me faça levantar de manhã.

Que raio de vida é esta? Porque é que não mereço “a fresh start”?

E isto é sem dúvida, uma boa maneira de se iniciar um blog. Bem-vindos ao meu deprimente blog!